Notícias › 22/02/2016

Vaticano recebe Conferência Internacional para debater fim da pena de morte

O papa Francisco pediu aos governantes que não autorizem nenhuma sentença durante o Ano da Misericórdia

Vaticano (www.cnbb.org.br)

Vaticano (www.cnbb.org.br)

“Por um mundo sem pena de morte” é tema da Conferência Internacional promovida pela Comunidade de Santo Egídio. O evento ocorre hoje, 22 de janeiro, no Vaticano, com proposta de estabelecer compromisso com a abolição da pena capital. Participam representantes de diversos países e lideranças internacionais.

Durante a oração do Angelus, no domingo, 21, o Papa Francisco disse ter esperança no fim da pena de morte, recordando que as sociedades modernas têm a capacidade de lidar com o crime sem remover permanentemente a quem o tenha cometido uma chance de se redimir. “Um problema deve ser visto no contexto de um sistema de justiça penal cada vez mais em linha com a dignidade humana e ao plano de Deus para o homem e a sociedade. O mandamento ‘não matarás’ tem um valor absoluto e abrange tanto os inocentes como o culpado”, pontuou Francisco.

Na ocasião, fez apelo aos governantes para um consenso internacional sobre a abolição da pena de morte. Pediu, em particular, aos governantes católicos, para não autorizarem nenhuma sentença durante este Ano Santo da Misericórdia. “O Jubileu especial da Misericórdia é uma ocasião propícia para promover no mundo formas sempre mais maduras de respeito pela vida e pela dignidade de cada pessoa. Mesmo o criminoso mantém o direito inviolável à vida, dom de Deus. Faço um apelo à consciência dos governantes, de modo que se possa alcançar um consenso internacional para a abolição da pena de morte. E proponho àqueles que de entre esses sejam católicos a cumprirem um gesto corajoso e exemplar: que nenhuma sentença seja executada neste Ano Santo da Misericórdia”, desejou o papa.

CNBB com informações do News.va.
Fonte: www.cnbb.org.br

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.