Notícias › 18/11/2015

Tabagismo é responsável por 90% dos casos de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica

É comemorado em 18 de novembro (hoje) o

Fumaça liberada da ponta do cigarro é mais tóxica que a inalada. (Foto: Divulgação/ USP)

Fumaça liberada da ponta do cigarro é mais tóxica que a inalada. (Foto: Divulgação/ USP)

dia mundial da doença pulmonar obstrutiva crônica.

Até 2020, a DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) deverá ser a terceira doença que mais mata, vitimando mais de 200 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, os números que envolvem a doença também são expressivos, de janeiro a novembro de 2011, o SUS registrou cerca de 87 mil internações, de acordo com o Ministério da Saúde.

A patologia, de evolução lenta e progressiva, desenvolve-se a partir da exposição prolongada dos brônquios às substâncias tóxicas contidas nas fumaças das mais variadas origens, como queima de produtos químicos, exaustão de diesel dos automóveis, utilização de fogão a lenha e principalmente à inalação ativa e passiva da fumaça dos cigarros, que é responsável por 90% dos casos de DPOC e por cerca de 85% das mortes pela doença, de acordo com o Ministério da Saúde.

Segundo pesquisas do INCA (Instituto Nacional de Câncer), a fumaça liberada da ponta do cigarro, ao se misturar ao ambiente, contém em média 3 vezes mais nicotina e monóxido de carbono e até 50 vezes mais substâncias cancerígenas do que a fumaça inalada pelo fumante.

Fonte: www.domtotal.com

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.