Notícias › 01/06/2015

Programa investe na construção de bancos de sementes crioulas no RN

Banner do Programa (arte: cedida)

Banner do Programa (arte: cedida)

A Articulação Semiárido Brasileiro (ASA Brasil), em parceria com o Governo Federal, lança o Programa de Manejo da Agrobiodiversidade – Sementes do Semiárido Potiguar, com recursos do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), na próxima quarta-feira, 3 de junho, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Apodi-RN. O programa visa a construção e o fortalecimento de 52 bancos de sementes crioulas no Rio Grande do Norte.

O objetivo é fazer com que as famílias do meio rural tenham acesso às sementes, através do resgate, da preservação, da multiplicação, do estoque e da distribuição descentralizada das sementes crioulas, adaptadas à região. O programa no Estado faz parte das ações em todo o Semiárido Brasileiro, com o fortalecimento e instalação de 600 bancos de sementes, em 9 estados.

No Rio Grande do Norte, o trabalho acontecerá nas regiões de Mato Grande, Médio e Alto Oeste. Serão beneficiadas comunidades rurais de João Câmara, Bento Fernandes, Touros, São Miguel do Gostoso, Poço Branco, Pedra Grande, Pureza, Jandaíra, Apodi, Severiano Melo, Caraúbas, Campo Grande, Messias Targino, Olho D’Água dos Borges, Janduís, Upanema e Umarizal. A execução do programa será feita pela Cooperativa de Trabalho Multidisciplinar Potiguar (TECHNE) e pelo Centro Terra Viva, organizações não-governamentais da Rede ASA Potiguar.

Fonte: Stefanya Neves, Comunicadora – Centro Terra Viva (via e-mail)

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.