Notícias › 25/10/2016

Presidente do Comitê afirma que Governo do Estado descumpre acordo judicial

Momento de uma das audiências com o Governador sobre as obras da barragem (Foto: José Bezerra)

Momento de uma das audiências com o Governador sobre as obras da barragem (Foto: José Bezerra)

“O acordo judicial entre o Movimento dos Atingidos pela construção da Barragem de Oiticica e o Estado não está sendo cumprido pelo governo do Estado”. A afirmação foi feita pelo presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica Piancó-Piranhas-Açu, agrônomo José Procópio de Lucena, ao blog do Marcos Dantas (www.marcosdantas.com), ontem, 24 de outubro, durante visita que fez às obras da barragem e da Nova Barra de Santana.

Na avaliação de José Procópio, “as obras física e social da barragem estão em estágio bem diferentes. A obra física avançou e aparentemente começa a ficar paralisada. A obra social quase nada avançou e o ritmo atual é quase zero. Até o canteiro de obra sequer foi concluído e apenas uma máquina no local onde vai ser construída a Nova Barra de Santana”, avalia Procópio, nas declarações que fez ao blog.

O acordo judicial firmado entre o Movimento dos Atingidos pelas obras da Barragem e o Governo Estadual determina que as duas obras devem caminhar no mesmo ritmo. O objetivo é fazer com que a população de barra de Santana se mude para a nova comunidade antes do fechamento da calha do rio.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.