Notícias › 29/11/2016

História do Diaconado no Rio Grande do Norte completa 30 anos

Diác. Franisco Adilson

Diác. Franisco Adilson

As duas primeiras páginas da história do Diaconado Permanente no Rio Grande do Norte começaram a ser escritas por várias pessoas, há mais de 30 anos. Dentre elas, 5 continuam ainda hoje escrevendo essa história: Dom Heitor de Araújo Sales e Mons. Ausônio Tércio de Araújo, que iniciaram o trabalho de formação diaconal na Diocese de Caicó, nas décadas de 1980 e 1990, com um grupo de 7 homens; José Bezerra de Araújo, primeiro diácono ordenado no Estado, em 19 de março de 1987; e Francisco Adilson da Silva e Francisco das Chagas Teixeira de Araújo, primeiros diáconos ordenados na Arquidiocese de Natal, em 29 de novembro de 1997, exatamente há 19 anos. No dia 19 de março do próximo ano se completarão 30 anos da primeira ordenação.

Em Caicó, além de José Bezerra, faziam parte do grupo que se preparava para o Diaconado Permanente: Agostinho Francisco dos Santos, Geraldo Soares Wanderley, José Ribamar de Medeiros, Laerte Medeiros, Nelson Moisés e Ronaldo Carlos Dantas de Souza. Desses, posteriormente foram ordenados José Ribamar e Nelson Moisés. A Diocese de Caicó tem atualmente 33 diáconos, dos quais dois atuam em Natal.

Diác. Francisco Teixeira

Diác. Francisco Teixeira

A história do diaconado permanente na Arquidiocese de Natal começou a ser escrita por Dom Heitor, logo que tomou posse, em 1993, iniciando um trabalho para disseminar a vocação diaconal, visando as primeiras ordenações. Entram para a história Francisco Adilson da Silva e Francisco das Chagas Teixeira de Araújo como os primeiros diáconos permanentes ordenados na Arquidiocese de Natal. Atualmente, a Arquidiocese conta com 86 diáconos permanentes incardinados e mais 4 vindos de outras dioceses.

Na Diocese de Mossoró, a história do diaconado começa com a formação e posterior ordenação dos três primeiros diáconos, George Carlos da Silva, Jorge Luís Torres e Luis Alberto de Paiva – ordenados no dia 24 de maio de 2015, pelo atual bispo, Dom Mariano Manzana. O trabalho de formação diaconal continua na Diocese de Caicó, na Arquidiocese de Natal e na Diocese de Mossoró. As três dioceses da Província têm escolas diaconais com grupos em processo de formação.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.