Notícias › 06/07/2015

Gestores assumem compromissos com agricultura familiar de base agroecológica

Momento do Seminário (www.aspta.org.br)

Momento do Seminário (www.aspta.org.br)

Governos da América Latina e Caribe, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), representantes do meio acadêmico e da sociedade civil assumiram compromissos visando promover ações e políticas na região voltadas para o fortalecimento da produção familiar, camponesa e indígena e da segurança alimentar por meio da agroecologia. Os compromissos foram assumidos no final de um seminário realizado no período de 24 a 26 de junho, em Brasília-DF.

Ao todo, são 18 compromissos assumidos pelos participantes do seminário. “As e os participantes do seminário dos movimentos sociais, acadêmicos, representantes de entidades públicas dos países de América Latina e do Caribe e convidados de outras regiões, reunidos/as neste Seminário instam aos Governos da Região, à CELAC, à FAO, REAF/MERCOSUL e outros organismos intergovernamentais e internacionais relevantes, a:

  1. Promover políticas públicas de fomento à agroecologia e à soberania alimentar, definidas, executadas e monitoradas com ativa participação dos movimentos sociais e da sociedade civil organizada, assegurando orçamento necessário para sua implementação
  2. Formular e executar marcos legais e regulamentos favoráveis ao avanço da agroecologia para alcançar a soberania alimentar
  3. Assegurar a função social da terra e da água por meio da reforma agrária e políticas fundiárias e da garantida dos direitos territoriais dos povos indígenas, originários e povos e comunidades tradicionais
  4. Promover a produção de alimentos adequados e saudáveis e a soberania alimentar da região por meio da agroecologia, reconhecendo que esses sistemas fazem um uso mais sustentável da terra, água e da energia
  5. Reconhecer e valorizar os conhecimentos ancestrais, tradicionais, saberes locais e as identidades culturais como fundamento da agroecologia. E que os institutos públicos de pesquisa respeitem e valorizem os saberes tradicionais promovendo o diálogo de saberes nos seus programas de pesquisa participativa”.

Acesse os demais compromissos na matéria completa: http://aspta.org.br/2015/07/fao-e-governos-da-america-latina-assumem-compromisso-para-fortalecer-a-agroecologia/

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.