Notícias › 07/12/2017

Famílias apreendem conhecimentos e técnicas no processo de transição agroecológica

Canteiros preparados para o plantio usando a biomassa (Foto cedida)

Canteiros preparados para o plantio usando a biomassa (Foto cedida)

O trabalho dos Núcleos do Seapac no Trairi, Seridó e Alto Oeste, regiões do Rio Grande do Norte com maior atuação da instituição, vem contribuindo para que as famílias das Unidades Produtivas (UPFs) se apropriem de maior quantidade de informações sobre agroecologia, técnicas de cultivo e conhecimentos no processo de transição agroecológica. Uma das últimas atividades do Núcleo do Trairi, dia 30 de novembro, em uma das UPFs da Comunidade Catolé, zona rural de Lajes Pintadas-RN, as famílias tiveram mais um dia de campo e se apropriaram de novas técnicas e conhecimentos.

Na ocasião, as famílias conheceram a técnica de produção utilizando a biomassa vegetal. Utilizar biomassa vegetal é uma alternativa para adubar solos na transição agroecológica para melhorar a fertilidade do agroecossitema, principalmente em macronutrientes. Pode-se utilizar várias plantas para produz a biomassa vegetal. Em Catolé foi utilizado capim e milho.

O trabalho é orientado e acompanhado pela agrônoma Marilene Moura e pelos estagiários da SERTA que atuam no Núcleo do Trairi. “O milho foi plantado entre duas fileiras de capim”, explica a agrônoma, que acompanha as famílias das UPFs na Região do Trairi. O consórcio de culturas é outra técnica que as famílias também conhecem e passam a praticar.

MAIS FOTOS DA ATIVIDADE:

Uso da biomassa na produção (1) Uso da biomassa na produção (3) Uso da biomassa na produção (5) Uso da biomassa na produção (6)

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.