Artigos › 09/05/2017

ARTIGO: A Verdade sempre prevalecerá!

José Procópio EDITADA (José Bezerra) (2)Mesmo com as chuvas caída em 2017, ainda estamos vivenciando uma das maiores e mais severas secas dos últimos anos no semiárido e na bacia hidrográfica do rio Pianco-Pitanhas-Açu!

Em 2013, foi iniciado dentro do comitê estudo de cenários sobre a criticidade hídrica no sistema Curemas-Mãe D’Água e, tecnicamente, se definiu pela necessidade de uma adutora para atender os 04 municípios do RN que eram abastecidas por esse sistema hídrico.

O governo do Estado\RN incorporou essa proposta no seu plano emergencial e o projeto técnico da adutora foi elaborado pela Caern!

O governo federal acatou a proposta da adutora emergencial derivada da adutora da Serra de Santana, que capta água na barragem Armando Ribeiro Gonçalves!

Desde o início, a adutora emergencial foi pensada pra atender Caicó, Jardim de Piranhas, São Fernando e Timbaúba dos Batistas!

Os R$ 43 milhões de reais estavam disponibilizados para o governo do Estado\Caern iniciar a adutora, quando aconteceu o impeachment da presidente Dilma e assumiu o Temer!

Com esse acontecimento, o PMDB do RN agiu junto ao governo federal retirando a construção da adutora da (competência da) Caern e repassando a obra e os recursos para o DNOCS sob seu controle político!

Essa é a verdade dos fatos! A única luta da cúpula do PMDB do RN no caso desta adutora, foi transferir o que já estava garantindo tecnicamente e financeiramente para outra instância executiva!

Que essa luta do sistema de gerenciamento dos recursos hídricos e a conquista desta adutora emergencial pela sociedade seridoense não seja transformada em moeda eleitoral em 2018!

Água não é favor, nem moeda de troca! Água é um direito humano fundamental e um dever do Estado! Não precisamos e nem queremos o retorno da indústria da seca que tanto humilhou e escravizou nosso povo lutador!

Engenheiro Agrônomo, José Procópio de Lucena – Articulador Estadual do Seapac e Presidente do CBH PPA

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.